Razor-qt Desktop

Um novo projeto desktop tem chamado a atenção no mundo Linux, trata-se do Razor-qt, uma alternativa leve e simples ao KDE.
Inicialmente pensei até tratar-se de um fork do excelente KDE 3 (me confundi com o Trinity desktop), mas na verdade, trata-se de um novo ambiente desktop desenvolvido do zero, mas que também utiliza a lib QT.

Utilizei o Razor-qt no Mint 13, instalando-o atraves do seguinte PPA:

sudo add-apt-repository ppa:razor-qt

sudo apt-get update

sudo apt-get install razorqt

Repare que o Lightdm será instalado, mas mantive o Mdm com display manager padrão e o mesmo foi capaz de carregar o Razor-qt sem problemas.
Também instalei uma série de aplicativos QT para testar (Dolphin, Amarok, Okular, Konqueror, K3b, etc…)  pois é de conhecimento de todos que aplicações desenvolvidas em GTK perdem um pouco de desempenho quando utilizadas em um ambiente QT e vice versa.
Utilizando o ambiente percebemos que trata-se de algo bem espartano mesmo, mais até que o Lxde, porém bem mais bonito. O Razor-qt é composto apenas pelo ambiente desktop (painel, lançador de aplicações, sessão) e alguns poucos aplicativos de configuração, não há gerenciadores de arquivo, editores de texto, emuladores de terminais, e outras aplicações básicas que costumam compor até os ambientes mais básicos como Lxde e Xfce. Quanto ao desempenho estranhei o fato de ele consumir cerca de 100 MB de memória a mais que o LXDE executado na mesma máquina, chegando próximo do consumo do Mate, o que, teoricamente, não o torna uma boa opção para máquinas antigas, como promete no proprio site do Razor-qt.

Inicialmente ele foi executado com o Metacity como Window Manager e apresentou alguns travamentos. Então instalei o Kwin:

sudo apt-get install kde-window-manager
 

Reiniciando o ambiente com o Kwin, o mesmo tornou-se estável e ficou ainda mais parecido com o KDE, sem nenhuma perda de desempenho.

No geral, o ambiente já está bem evoluído e estável. Como imaginado, as aplicações QT são carregadas muito rapidamente e os programas GTK demoram um pouco mais. Acredito que o desktop encontrará seu nicho de usuários naquelas pessoas que preferem ou precisam utilizar aplicações QT específicas, mas acham o ambiente KDE pesado ou extenso demais. É muito bom ter mais uma opção de desktop enxuto e desta vez desenvolvido em QT. Isso só aumenta as já inúmeras opções do mundo Linux.

razor-qt

Ambiente Razor-qt com gerenciador de arquivos Dolphin e K3b

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s